A nossa loja está no ar!

Atendendo ao pedido dos fãs, agora você vai poder acompanhar o lançamento de vários produtos de algumas bandas do nosso casting em um só lugar!

Clique para acessar a loja

Artistas


Liniker e os Caramelows

Araraquara / SP
Soul / Black / Funk

Com uma som autoral que traduz a black music para uma sonoridade mais contemporânea e brasileira, Liniker e os Caramelows apresentam um som dançante que tem como temática o amor e seus desdobramentos.
Após o lançamento despretensioso do EP ‘Cru’(2015) ter milhões de visualizações no Youtube, a banda, formada no interior de São Paulo, percorreu quase todo o Brasil em mais de 100 apresentações. Em setembro, o grupo lançou o seu primeiro álbum ‘Remonta’ (2016), gravado no Red Bull Studios. Após passar pelos festivais South by Southwest e Primavera Sound, a banda está em turnê pelo mundo afora.

Translating black music to an original, contemporary and Brazilian context, Liniker e os Caramelows have a live and dancing sound whose main theme is love and its complications.
After ‘Cru’ (2015) EP’s unpretentious release reaching millions of views on YouTube, the band, from Araraquara/Sao Paulo, covered most of Brazil in over 100 concerts. Last year, the group released its first album Remonta (2016), recorded at Red Bull Studios. After a great experience at SXSW and Primavera Sound Festivals in 2017, the band is now touring around the world and playing for thousands people every weekend in Brazil.

Banda Uó

Goiânia/ GO
Pop/ Eletrônica

Formada em Goiás em 2010, a banda Uó aposta em letras bem-humoradas e experimentações sonoras. Com muita influência do pop e da música eletrônica, o trio é reconhecido por suas apresentações altamente dançantes e divertidas.

Irreverence, love and party!! Formed in Goiania in 2010, the Banda Uó bets in the union of pop music with a brega’s style and world music, and humorous letters. Renowned for their energetic shows, with dancers and DJ, the first work “Motel” (2012) was considered by the critics one of the best released of that year. “Veneno” (2015) brigs hit after hit and the single “Arregaçada” has more than 2 million views just in the official video.

Luê

Belém/PA

No país das cantoras, Luê não é só voz, mas também pesquisa e experimentação. Natural de Belém, a cantora, compositora e instrumentista é reconhecida por um trabalho situado entre o exotismo da música amazônica e as múltiplas facetas do pop mundial, em releituras de ritmos como o carimbó, a guitarrada e o zouk (gênero musical originário das Antilhas e muito comum na região norte do Brasil).
In the singer’s country, Luê is not just voice, but research and experimentation. Born in Belem, the singer, composer and musician is recognised for her work between exotic Amazonian music and the many facets of mundial pop, reinterpretation of rhythms like carimbó, guitarrada and zouk; she has her first album “A Fim de Onda” released under the Natura Musical label, in 2013. Currently, Luê is producing her second work, and who signs the production process is the musician Zé Nigro, with Curumin and Saulo Duarte making arrengements and composing.

ZÉ VITO

Rio de Janeiro/ RJ
Rock//Folk/ Blues

Músico versátil e colaborador em diversos projetos, em seu segundo disco, intitulado ‘Pode Ser’ (2015), Zé Vito apresenta um disco introspectivo, composto de forma solitária, que tem como tema o cotidiano. Em seu 3º álbum ‘Espelho’, o artista apresenta um trabalho com influências do blues e do folk caipira.

A versatility muscian, producer and collaborator in so many different projects, besides being one of the Abayomy Afrobeat Orquestra founders, Zé Vito has two albums solo released: “Já Carregou” (2014) and “Pode Ser” (2015). Different of his previous works, the recently lauched “Espelho”, third album of the artist, is the first time with the band Os Lúpulos, introducing an acoustic sound and intimist, with folk influences and traditional “caipira” music.

Carne Doce

Goiânia/GO
Rock psicodélico/indie rock

Experimentação, delicadeza e selvageria definem bem o som da banda goiania Carne Doce. ‘Princesa’ (2016), segundo disco do grupo, é poético e questionador enquanto discorre sobre a liberdade feminina, tema central à obra.

Experiment, delicacy and savagery defines in a very good way, the band from Goiania, Carne Doce. Formed in 2013 by the couple Salma and Macloys, the namesake first album was elected one of the best Brazilian albums released in 2014. “Princesa” (2016), 2º album of the band, shows all the versatility of them. Poetic, incisive and necessary while talks about feminine strength and freedom, and gender inequality, the album makes who listen hypnotized by disconcerting arrangements and the decisive presence of Salma.

Aeromoças e Tenistas Russas

São Carlos / SP
Psicodélico / Eletrônico / Progressivo

Com 9 anos de carreira e três discos lançados, a banda ATR (Aeromoças e Tenistas Russas) é um projeto de música instrumental liberto de rótulos e formatações. Com mais de 350 shows no Brasil, além de passagens pela Argentina e Uruguai, 6 videoclipes e 2 dvds, seu 3º álbum ‘Positrônico’ (2016) é um marco do amadurecimento da banda.
Em 2017, ATR lança o vinil compacto ‘MIDI’ com 2 músicas inéditas, e reinventa todo seu repertório. Neste novo trabalho, o eletrônico é mais explorado e os instrumentos são alterados, deixando para trás o rock progressivo e o humor imersivo, para uma nova identificação e interação energética e eletrônica com o público.

With 9 years existence and 3 released records, the band ATR (Aeromoças e Tenistas Russas) is a instrumental music project free from labels and formats. Having played over 350 concerts in Brazil, in addition to tours in Argentina and Uruguay, 6 videoclips and 2 DVDs, their third album Positrônico (2016) is a milestone in the band’s development.
In 2017, ATR releases MIDI, a compact vinyl of 2 unpublished songs, and reinvents the repertoire. In this new work, the electronic is more explored and the instruments are changed, leaving behind the progressive rock and the immersive mood, for a new identify, energetic and electronic interaction with the public.

VEJA LUZ

Taboão da Serra/SP
Reggae/Soul Music/Hip Hop

Influenciados pelo reggae jamaicano e inglês e por ritmos como a Soul Music, Jazz, Blues, R&B, Hip Hop e brasilidades, a banda Veja Luz apresenta uma proposta de reggae contemporâneo, autêntico e universal desde 2008. Em 2012, lançaram seu primeiro álbum homônimo e, agora em 2017, o disco “Escolhas”, previsto para sair em junho, traz doze faixas, com uma intervenção poética do poeta Sérgio Vaz, além das participações especiais do rapper Black Alien e do cantor jamaicano Al Griffiths (The Gladiators).

Influenced by Jamaican reggae, and rhythms like Soul Music, Jazz, Blues, R&B, Hip Hop and Brazilian sounds, the band Veja Luz introduce the public to a new vision of reggae, authentic and universal, since 2008. In 2012, they released their first namesake album, and now in 2017, the album “Escolhas”, expected in June, will come with 12 music, and a poetical intervention from Sérgio Vaz, beyond featuring the rapper Black Alien and the Jamaican singer Al Griffiths (The Gladiators).

SERGE EREGE

Piripiri/ Piauí
Post-post-punk/ Synth-pop/Darkwave

Recriando sonoridades dos anos 80 com toques contemporâneos, o artista Serge Erege ganhou espaço na cena com seu som repleto de ecos, distorções, efeitos e camadas vocais, que evocam elementos do pós-punk, synthpop e ethereal wave.
Após os singles “Rhythm of the Day” e “It’s Already Cold”, que também ganharam videoclipes próprios, e o Ep ‘Blossom Blooming Veils’, o músico lança agora seu primeiro álbum de estúdio, ‘Scorpio’(2016). Além de assinar todas as composições, Serge é responsável pela produção, que conta com a direção artística e mixagem de Dudu Marote e lançamento pelo Ganzá/Skol Music.

Recreating a sonority from 80s with a contemporary touch, the artist Serge Erege got a space in the scene with his ecos, distortions, effects and vocal layers, which remember the elements of post-punk, synthpop and ethereal wave.
After the singles “Rhythm of the Day” and “It’s Already Cold” with their own videoclips, the EP “Blossom Veils”, the musician releases now his first studio album “Scorpio” (2016). Besides signing all the compositions, Serge is the responsable of production, the artistic direction and mixing has Dudu Marote and with a Ganzá/Skol Music label.

GABI MILINO

São Carlos/SP
Folk, Blues, Mpb

Gabi Milino leva para o palco uma essência e um jeito de cantar típicos do blues. Seu repertório autoral passeia entre as diversas influências que compõem o seu interesse musical. De Janis Joplin a Fiona Apple, Gabi mescla referências clássicas e contemporâneas, reverenciando o folk, o blues e a MPB. A partir de uma interpretação muito leve e sincera, a cantora conduz uma sonoridade própria, mas ao mesmo tempo, universal.

Gabi Milino brings to the stage an essence and a way to sing typical of blues. Her author’s repertoire has so different influences which joins her musical interests. Launched in 2015, her namesake album has special participations of Zeca Baleiro and Renato Godá.
With a soft, calm and candid interpretation, the singer guides a unique sound, in the same time, universal. From Janis Joplin into Fiona Apple, Gabi mixes references between classical and contemporary, honoring folk, blues and MPB in a romantic and delicate way.

Sobre Nós


Somando a experiência de 8 anos de Rádio UFSCar, 8 anos de produção e circulação da banda Aeromoças e Tenistas Russas, 10 anos de produção do Festival CONTATO e 3 anos de programação do Espaço Cultural GIG, surge oficialmente em 2016 uma ação que desde o ano anterior já funcionava na prática: a Let’s Gig – Booking & Music Services.


Equipe


Ricardo Rodrigues

Produtor Cultural desde 2001, foi diretor da Rádio UFSCar durante 8 anos. É diretor geral do Festival CONTATO, sócio, curador e produtor do Espaço Cultural GIG.
ricardo@letsgig.com.br

Fernanda Martucci

Produtora cultural desde 2009, realiza atividades como o Festival CONTATO, Festival Gastronômico Saia Para Jantar e o Cultive – Encontro de Formação em Produção Cultural.
fernanda@letsgig.com.br

Eduardo Porto

Músico há 15 anos, baterista da Aeromoças e Tenistas Russas, produtor cultural e comunicador nas áreas de fotografia e design. Atua na comunicação e realização do Festival Contato desde 2012 e coordena as coberturas artísticas do Espaço Cultural GIG.
eduardo@letsgig.com.br

 
 

Let's Gig

booking@letsgig.com.br
16 98139-9119